“Porque o reino do poeta... bem, não me venha dizer que não é deste mundo. Este e o outro mundo, o poeta não os delimita: unifica-os. O reino do poeta é uma espécie de Reino Unido do Céu e da Terra.”

Mario Quintana

quinta-feira, 16 de junho de 2011

Conto de todas as cores


   Eu já escrevi um conto azul, vários até. Mas este é um conto de todas as cores. Porque era uma vez um menino azul, uma menina verde, um negrinho dourado e um cachorro com todos os tons e entretons do arco-íris.
   Até que apareceu uma Comissão de Doutores, os quais, por mais que esfregassem os nossos quatro amigos, viram que não adiantava...
   E perguntaram se aquilo era de nascença ou se... 
   - Mas nós não nascemos - interrompeu o cachorro. - Nós fomos inventados!

(A Vaca e o Hipogrifo)

Nenhum comentário:

Postar um comentário